Perseguição religiosa: Líder cristão é preso pela terceira vez

Imagem: DivulgaçãoSegundo informações do Serviço de Segurança Nacional do Sudão, o líder cristão Kuwa Shamal, foi preso novamente. Ele está sofrendo graves acusações que podem acarretar em vários anos de prisão e até pena de morte. Recentemente, ele esteve detido durante 5 meses, mas foi libertado por falta de provas. Na ocasião, outros dois cristãos também aguardavam acusações (Hassan e Abdulmonem). Ambos ainda estão presos.

O Sudão está na 8º posição da Classificação da Perseguição Religiosa 2016 e tem tratado os cristãos da pior forma possível. A perseguição no país parece ser mais uma espécie de limpeza étnica. Historicamente, o islã está profundamente enraizado na sociedade do Sudão. Os tipos de cristãos afetados são expatriados, históricos, convertidos e protestantes não tradicionais.

Há anos que as forças armadas sudanesas estão atacando os cristãos que vivem na região montanhosa de Nuba, onde muitos foram enquadrados e encarcerados sob a lei de apostasia e blasfêmia. A prisão dos líderes cristãos apenas indica que a igreja no Sudão está enfrentando grandes desafios por causa de sua fé em Cristo. Apesar disso, eles não se deixam abater. Um outro líder, Michael Yat, que já enfrentou nove prisões no país, disse: “Não deixe a perseguição surpreender você, antes seja corajoso e prepare-se; concentre-se na certeza de que Jesus Cristo nunca vai te abandonar”.

 

Fonte: Portas Abertas

Anúncios
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s